Como tocar baião na bateria

Como tocar baião na bateria

O baião é um ritmo tradicional do nordeste do Brasil. Com um balanço bem peculiar. Para você conseguir tocar o baião, preparei essa aula com alguns exercícios preparatórios. Começando com figuras mais simples você vai começar a pegar a coordenação do baião. Essa aula vai te ajudar a tocar o bumbo sincopado, tocado entre os pratos, que existem em vários outros ritmos. Como rock, soul music, salsa e etc.

Vamos começar a pegar os exercícios de coordenação do bumbo entre os pratos?

Para começar vamos dividir cada tempo em duas colcheias. A mão do prato de contratempo vai tocar nos tempos( numeros) e o bumbo vai tocar nos “&s” . Faça varias vezes até a coordenacao ficar boa e sincronizada.
Primeiro exemplo

Agora mantenha a contagem regular do prato e toque o bumbo entre o tempo 2 e 3.

No próximo exercícios você já pode perceber um swing do baião, a batida já é a do grave da zabumba! Toque o bumbo junto com a mão do prato do contratempo no tempo 1 e toque o bumbo entre os tempos 2 e 3. Marque os tempos e toque o bumbo exatamente entre os pratos numa velocidade constante e regular.

Você consegue!!!

Agora sim!! Vamos tocar essa preparação para o baião?? A coordenação completa para tocar o ritmo.

No seguinte toque o bumbo no tempo junto com o prato; toque o bumbo entre os tempos 2 e 3 e toque a caixa no tempo 4.

O baião originalmente é escrito em colcheias e semicolcheias. Para facilitar a visualização e simplificar para você, os exemplos que foram apresentados nesta aula foram escritos em semínimas e colcheias. Contudo quando você acostumar com a execução e a localização de quando um bumbo está entre os pratos, a diferença que falei da escrita ficara bem clara.

Em Semínimas marcam os pratos e a segunda colcheia no Bumbo entre o segundo tempo e o terceiro tempo.

Veja a preparação!

A escrita e execução do baião

O prato em colcheias e o bumbo em semicolcheia  entre a segunda colcheia do primeiro tempo e a primeira do segundo tempo; e entre a segunda colcheia do terceiro tempo e a primeira do quarto tempo.

Maneira de estudar

Faça os exercícios até adquirir uma fluência, sem embolar. Os bumbos que tocam entre os pratos tendem a juntar a mão que toca no prato, fique atento para isso não acontecer!!
Siga as etapas e você conseguirá chegar ao objetivo. Toque o ritmo lento, várias vezes até ficar bom!! Vá aumentando a velocidade aos poucos.

A prática com músicas e sugestões de músicas

Você pode tocar as músicas “Maça do rosto” /Djavan e “Asa branca”/ Luiz Gonzaga. Possivelmente se você é iniciante e nunca tocou essa levada, encontrará dificuldades para tocar no andamento original. Elas são rápidas. Se você tiver um aplicativo que reduza a velocidade das músicas( tem vários) não exite em usar. Diminua um pouco e toque várias vezes ate conseguir tocar no andamento original. O hábito de tocar com uma música te ajudará a manter o tempo, além da sensação de tocar com uma banda. Quando você aprender o ritmo, é só procurar outras músicas que se encaixem com a levada.
Bons estudos!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *