Bio

Carioca e Tijucano, Cássio Acioli  teve seu primeiro contato com a bateria cedo e sempre escutou e tocou “tudo de música” sem preconceitos. Começou a tocar em 1992  e  iniciou seus estudos em 1997 na Escola de Música Villa Lobos com o professor Léo Sampaio. Posteriormente passou a estudar com seu Grande Mestre Eliseu Costa, Solista e Timpanista da Orquestra do Theatro Municipal e com o Professor André Boxexa Mello, integrante do grupo Água de Moringa, onde concluiu o curso técnico de Bateria e Percussão Sinfônica. Participou de vários festivais e gravações. Complementou seus estudos com cursos livres na UFRJ, UNI-Rio, Academia de Música Lorenzo Fernandez (tímpanos e teclados Barrafônicos) e outros.

Em 2002 ingressou na Orquestra Sinfônica Brasileira Jovem (onde atuou por 3 anos e estudou paralelamente com Luis D’ Anunciação (Pinduca) e foi monitorado pelo professor Lino Hoffman. Atuou na Orquestra sinfônica da Escola de Música da Universidade Federal do Rio de Janeiro e Grupo de Metais e Percussão da UFRJ . Atuou como músico extra da Orquestra Sinfônica Brasileira, CIA. Bachianas Brasileira, Orquestra Sinfônica Rio (acompanhando Martinho da Vila, “The Motions Trio” – Polônia e gravação de CD de Turíbio Santos ), Orquestra Sinfônica Nacional (inclusive Concerto em Buenos Aires- Argentina) e Orquestra Sinfônica do Theatro Municipal do Rio de Janeiro (onde atua como músico extra desde 2003).

 

Cássio Acioli

 

No cenário popular já dividiu o palco  em shows, participações ou em gravações com  artistas como: Cláudia Telles, Jerry Adriani, Jorge Vercillo, Asaph Borba (gospel), Paulinho Tapajós e Marcello Lessa, Wanda Sá,  Claudette Soares, Billy Blanko, Maria Creuza, Paulo Cesar Feital, Roberto Menescal, Jota Maranhão, Sônia Delfino,  Dóris Monteiro, Luiz Carlos da Vila, Nelson Sargento,  Altay Veloso, Eliana Printes, Ademildes Fonseca, Rose Maia, Reizilan (neto do Cartola), Sylvinho Blau-Blau, Di Mostacatto, Afonso Machado (bandolim), Glauco Fernandez, Adil Tiscatti, Fernando Gama (Boca-livre), Carlos Navas, Sergio Coelho, Maurizete Catarina (gospel), Banda Cristo in Rio, Banda Roque Malasartes, “Conserto com C. Jazz  Band”.  Foi integrante da banda “Gungala” do percussionista Peninha do Barão Vermelho, além de ter tocado em diversos Musicais de Teatro e gravado trilhas de cinema com o pianista e compositor Pedro Lutherbach .
No projeto “ Dolores BIS” em Fortaleza-CE, atuou com Leny Andrade, Claudete Soares, Dóris Monteiro e Soraya Ravenle no show em tributo a Dolores Duran.

Além de lecionar em escolas de música é professor particular de Bateria e Percussão.

É endorser da marca de pratos Bosphorus Cymbals e  Cajons MR.

 

 

mr cajones

 

 

Inscreva-se no Canal